Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Intolerância’


O etnocentrismo está em nosso cotidiano, em um país coberto pela miscigenação étnica e cultural em que a cor da pele origina a “epiderme da conduta”. A minha cor é superior a sua? Será que existe um gene que identifique que a cor negra origina assaltantes e pessoas inescrupulosas? Negro tem que ser inferior?

Que eu saiba a Lei Áurea já foi assinada! Em parâmetros sociológicos o racismo é caracterizado como uma discriminação ideológica ao qual um grupo considera-se em ter mais qualidades que os outros. Tornando um ciclo esmagador para o “grupo inferiorizado” e atribuindo feições marginalizadas.

Em o filme Crash no Limite retrata de forma clara como o negro até no entretenimento da atuação tem que estar em papel inferior e “comportar-se como negro”. O branco em posição heróica e o negro o seu vassalo. Fato que além de social é histórico em vários países que são segregatórios e os Estados Unidos são um deles.

O diretor trata de um assunto ignorado pelas pessoas e o orgulho desonesto da supremacia “branca”, colocando em um contraste com momentos de redenção destes que foram vítimas de episódios racistas.

O filme começa relatando sobre a atenção indiferente e capitalista na forma em que julga a posição econômica do negro e em conseqüências do preconceito, resulta sempre em inferiorizar ou então passa a ignorar e não reconhecer a sua própria cor. 

Não somente o preconceito por cor, mas também pessoas de outros países sofrem preconceitos. Pois quem não nasceu “branco” e teve ainda o infortuìto de ter nascido negro e pobre, sofrerá as mazelas que a sociedade irá impor. Isso sem falar no olhar de desconfiança eterno.

Imaginem só a cena: Um casal negro entra em uma loja da Luis Vutton para comprar algo. Como vocês acham que as atendentes desta loja irão se portar? Estas cenas fazem parte do cotidiano brasileiro. E só quem é negro ou índio que sabe o que é ser achincalhado nas ruas, ou ter a sua honestidade posta a prova.

A mensagem que o filme passa é que por mais diferente que as pessoas sejam é a cor que menos importa, pois em uma passagem do filme que me emocionou foi o policial na salvação de uma mulher negra, em que em outro episódio ele tinha à humilhado (assédio moral em uma blitz de trânsito).

O orgulho etnocêntrico nessa passagem foi esquecido, a isso faz refletir e também ter a esperança de que o crash que vivemos hoje irá mudar e que até para o preconceito á limites. Culpar outra raça por um problema ou pelos problemas do mundo é mais fácil do que reconhecer o erro. Infelizmente!

E o pior disto é que sempre não faremos nada de mal, nunca seremos preconceituosos ou antiéticos. Tudo é uma questão de ótica. Mas para quem sofre… A dor rasga o peito. O peito de um filho ou filha de Deus.

Anúncios

Read Full Post »


Amigos, meus amores, como foram de final de semana ???

Preocupado com as recentes ondas de atentados entre Israel e a Palestina, fico mais do que temeroso quanto ao futuro daquela região mais do que problemática. Fico me perguntando que ideais são estes e em nome de quem aquelas atrocidadades são cometidas e atribuídas.

Não há caros amigos a religião perfeita e assim como seus ideais, o que vejo no capítulo sangrento deste embate é a mais profunda intolerância e o desrespeito pelas individualidades das pessoas, os judeus são além de irem de encontro o que Jesus plantou na Terra, agem usando dos mesmos mecanismos de terror que foram utilizados contra eles próprios na Segunda Guerra Mundial. Mostrando-se mais do que vingativos e covardes.

" Pai, não os perdoai porque eles sabem exatamente o que fazem"

" Pai, não os perdoai porque eles sabem exatamente o que fazem"

Em nome de quem ?? Os terroristas palestinos dizem que ouvem vozes de Alah antes de cometerem tais atrocidades, matando principalmente mulheres e crianças, no que constitue numa covardia digna de pena e de repulsa. Fica sempre mais fácil quando atribuímos nossa vontade assassina a alguma ordem “divina” e com ela encontramos uma paz de espírito irresponsável e criminosa.

Sou terminantemente contra a alguma prerrogativa religiosa que leve ao assassinato de pessoas, que leve o terror, ao desrespeito à direitos humanos, ao direito à vida. Tenho dó de quem usa desse expediente para se fazer ouvir, porque a intenção só serve para uma coisa….. aumentar o ódio e desencadear um verdadeiro INFERNO nas vidas de quem passa por tal infortúnio.

Respeitar e aceitar, estes foram os preceitos mais lindos que foram incluídos em nossos corações por nosso pai e nosso irmão. Será que os nossos irmãos palestinos e judeus leram o livro errado ?? Que seguem diretrizes totalmente diferentes ?? Fica a pergunta !! Não estou aqui pregando que todos se amem em um mundo corderosa com bolinhas coloridas, mas que a fraternidade impere e que a união seja ferramenta mais do que primária nas condutas de vida de cada um dos habitantes deste planeta.

Beijo no coração de todos !!! Ótima segunda !!! Paz e Fraternidade sempre.

Read Full Post »


coexistence

Amigos do Blogão, parceiros e amores.

Vendo na televisão e lendo matérias na Internet sobre mais um conflito entre palestinos e judeus, me pergunto: Será que até quando as pessoas irão se matar por uma causa que para mim não existe, e o pior continua se enraizando pelas gerações futuras ??

O que vemos é uma intolerância extrema, aquela mesma que levou Jesus Cristo à cruz. É muito mais fácil atacar injustificadamente do que procurar um diálogo mais efetivo e com este a solução para os problemas. Tenho a certeza que Israel está de alguma forma se vingando do massacre histórico de judeus na Segunda Guerra Mundial, contra uma minoria palestina, não custando nada lembrar que na segunda grande guerra, os judeus que eram a minoria.

Quero também expressar o meu repúdio ao terrorismo palestino, essa ferramenta está em declinio e além de ser covarde, não surte efeito e sim ódio. Fato no qual as próximas gerações já estão se alimentando e por infelicidade da humanidade, prontas para a continuação dessa matança.

A propaganda pró-Israel na Internet está muito forte, conseguimos ver muitos vídeos no You Tube e vários artigos. Para mim isso é propaganda de carnificina e de intolerância e como tal devem ser julgadas como crimes contra a humanidade. O que é profundamente lamentável. Isso sem falar ao apoio velado dos Estados Unidos à Israel, com armamentos e ajuda financeira, outra covardia e demonstração de que os EUA estão mais do que interessados na “pacificação” da área.

Sou contra a homem-bomba, sou contra a mísseis, sou contra a matança injustificada, sou contra a ver na televisão na hora do jantar crianças morrendo, sou contra a violência, QUERO É PAZ !!! Se o Deus seja ela qual for nos ensinou que temos que amar o próximo como a si mesmo, o que está sendo feito ???

Read Full Post »